Preprint has been submitted for publication in journal
Preprint / Version 1

Pandemia de Covid-19 e a saúde dos refugiados no Brasil

##article.authors##

  • Igor de Assis Rodrigues Instituto de Medicina Social - Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • João Roberto Cavalcante Instituto de Medicina Social - Universidade do Estado do Rio de Janeiro https://orcid.org/0000-0003-2070-3822
  • Eduardo Faerstein Instituto de Medicina Social - Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0103-73312020300306

Keywords:

COVID-19, Coronavírus, SARS-CoV-2, Refugees, Forced Migration, Public Health

Abstract

No contexto da pandemia de COVID-19, os autores analisam e comentam os impactos para a saúde dos refugiados e migrantes forçados residentes no Brasil.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Igor de Assis Rodrigues, Instituto de Medicina Social - Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Psicólogo e sanitarista. Possui graduação em Psicologia pelo Instituto de Psicologia da Universidade Federal Fluminense - IPSI/UFF (2016). Especialista em Psicanálise e Saúde Mental - UFF (2017). Foi residente multiprofissional em Saúde Coletiva pelo Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro - IESC/UFRJ (2019). Atualmente é mestrando no Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - IMS/UERJ, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva. Colaborador do Centro Brasil de Saúde Global e da Cátedra Sérgio Vieira de Mello/UERJ. Tem experiência na área de Saúde Mental, Saúde Coletiva, Saúde Mental Global, migrações e refúgio.

João Roberto Cavalcante, Instituto de Medicina Social - Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doctorate in Public Health (IMS/UERJ), Master in Public Health (IMS/UERJ), Specialist in Law and Health (ENSP/Fiocruz), Specialist in Family Health (FS/UnB) and Bachelor of Public Health (IESC/UFRJ). He is currently a collaborating researcher at the Brazilian Center for Global Health and the Sérgio Veira de Mello Chair (UERJ). He has worked as a consultant for the Pan American Health Organization/ World Health Organization (PAHO/WHO), the Health Surveillance Strategic Information Center (CIEVS) of the Secretariat of Health Surveillance of the Ministry of Health (SVS/MS) and researcher of the projects: Human Resources Training Program in Environmental Health Surveillance (IESC/UFRJ), Plan of Epidemiological Monitoring of the Area of Influence of COMPERJ (Labmep/Fiocruz) and Longitudinal Study of Adult Health (ELSA/Fiocruz). Has professional experience with Global Health, Epidemiology, Health Surveillance, International Health Regulations, Digital Detection of Diseases, Participatory Surveillance and Refugee Health.

Eduardo Faerstein, Instituto de Medicina Social - Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Graduou-se em Medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ, 1976), especializando-se em Saúde Pública na Fundação Oswaldo Cruz (1977-78), quando integrou a equipe coordenada por Sérgio Arouca no Programa de Estudos Socioecionômicos em Saúde (PESES). Trabalhou como pediatra durante alguns anos, foi assessor técnico do Depto de Saúde Pública da S. Municipal de Saúde (1978-82) e coordenou a criação e gestão da Divisão de Epidemiologia do INCa (1983-90). Concluiu mestrado em Medicina Social no IMS-UERJ (1987) e doutorado em Epidemiologia na Johns Hopkins University, EUA (1995). Desde 1983, é docente do Departamento de Epidemiologia do IMS, que chefiou em três biênios (1988-90, 1995-97, 2013-15). Como Professor Associado (já aprovado por banca para Professor Titular), integra o corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva/IMS e o corpo colaborador do PPG em Alimentação, Nutrição e Saúde/INU. Foi Professor Visitante (estágios pós-doutorais) nas Universidades de Michigan (2001-2) e Califórnia/Berkeley (2009-10)..É Pesquisador CNPq 1-B, Cientista de Nosso Estado ? Faperj e bolsista Prociência/UERJ. e coordenou a área de Saúde do Programa de Iniciação Científica da UERJ (2009-10). Foi Editor Associado do American Journal of Epidemiology (2006-15) e Physis-Revista de Saúde Coletiva.(2017-2020); é Editor Associado da Revista Brasileira de Epidemiologia. Exerceu quatro mandatos bienais nos colegiados superiores da UERJ: C.Universitário (2003-06) e C.Superior de Ensino e Pesquisa (2007-10). Integrou o Movimento Renovação Médica no fim dos anos 1970 e a diretoria do Sindicato dos Médicos do RJ no inicio dos anos 1980; foi vice-presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva/Abrasco (2015-18) e vice-presidente da Alianza de Asociaciones de Salud Publica de las Americas (2016-18). É coordenador geral das seguintes iniciativas acadêmicas: Rede de Pesquisa Pró-Saúde: Determinantes Sociais da Saúde (Estudo Pró-Saúde, investigação longitudinal iniciada em 1999), Centro Brasil de Saúde Global e Programa Agenda 2030 na UERJ. Já atuou nas seguintes áreas: determinantes sociais da saúde, epidemiologia do curso de vida, doenças crônicas não transmissíveis do adulto, saúde da mulher e métodos epidemiológicos. Em anos recentes, vem dedicando-se principalmente à vertente dos determinantes sociais da saúde global no ensino de graduação e pós-graduação e em atividades de pesquisa e divulgação científica. Desde 1997 concluiu a orientação de 60 bolsistas de I. Científica, 27 mestres, 19 doutores e 7 pós-doutores; publicou 140 artigos em periódicos indexados.

Posted

2020-07-21

Section

Health Sciences