Preprint / Version 1

PEDAGOGIES AND BODY AND SEXUAL PERFORMANCES OF GAY MEN ON TWITTER

##article.authors##

DOI:

https://doi.org/10.1590/SciELOPreprints.3477

Keywords:

Pedagogy of the body, Pedagogy of Sexuality, Sexual performances, Visibility, Twitter

Abstract

Twitter, as a cultural device, allows users not only informative posts, but also sexual and pornographic approaches. In this context, based on the theoretical contributions of cultural studies in education and studies of social networks in education, the article presents results of a research that aims to analyze how the sexual performances of a group of gay men on Twitter are constructed, highlighting discourses and pedagogies that educate the perspectives through these network interactions. The method was qualitative, descriptive and analytical, from a perspective of social network studies, in an approach to virtual ethnography. The results show the construction of analyzed profiles as performative displays of bodies, sexual organs and discourses that emphasize sexualities constructed on and for the screens. Such performances are full of pedagogies that guide ways of being gay and the education of social perspectives in the era of connectivity.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

Author Biographies

Ricardo Desidério, University of the State of Paraná

Pedagogo e também Licenciado em Ciências e Matemática. Doutor e Pós-doutor em Educação Escolar na linha de pesquisa em Sexualidade, Cultura e Educação Sexual pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-UNESP/Araraquara. Mestre em Educação para a Ciência pela Universidade Estadual de Maringá-UEM/Paraná. Líder do Grupo de Pesquisa em Educação e Diversidade - GPED/UNESPAR CNPq, atuando na linha Sexualidade e Educação Sexual. É prof. adjunto do Curso de Pedagogia e Chefe da Divisão de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR, Campus de Apucarana) e docente no Programa de Pós-graduação em Educação Sexual, nível de Mestrado da Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Araraquara, SP. Atualmente é pós-doutorando em Educação pela Universidade Federal da Bahia (FACED/UFBA), dedicado-se aos estudos das performances e pedagogias sexuais masculinas no Twitter a partir dos estudos culturais na educação e cibercultura sob a supervisão do Prof. Dr. Edvaldo Souza Couto, desenvolvidos no âmbito do grupo de pesquisa Educação, redes sociotécnicas e culturas digitais de investigação (EDUTEC). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores. Atuando principalmente nos seguintes temas: Sexualidade e Educação Sexual; Sexualidade, Educação e Redes sociais digitais; Ensino de Ciências e Formação de Professores

Edvaldo Souza Couto, Federal University of Bahia

Possui pós-doutoramento em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Doutorado em Educação (UNICAMP), Mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e graduação em Licenciatura Plena em Filosofia pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É professor Titular na Universidade Federal da Bahia (UFBA), no Departamento de Educação II. É professor permanente no programa de pós-graduação em Educação. É líder do Grupo de Pesquisa Educação, Redes Sociotécnicas e Culturas Digitais e um dos coordenadores do Grupo de Pesquisa Educação, Comunicação e Tecnologias. É bolsista do CNPq (PQ 2). Coordenou o GT 16 - Educação e Comunicação, do EPEN - Encontro de Pesquisa Educacional do Nordeste (ANPED-Nordeste) 2017-2018. É membro e parecerista ad doc do GT 16 - Educação e Comunicação, da ANPED - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. Tem experiência na área de Educação, Comunicação e Tecnologias e também na área de Filosofia, com ênfase em Estética e Filosofia da Técnica: Benjamin, Adorno e Simondon. Estuda principalmente os seguintes temas: corpo e tecnologia; sexualidade e tecnologias digitais; educação, comunicação e tecnologias digitais; cibercultura e novas educações; leitura e escrita na era digital; currículo e formação de professores; redes sociais na internet.

Posted

2022-01-11

Section

Human Sciences