Preprint / Version 1

LITERACIES IN A NON-FORMAL EDUCATIONAL CONTEXT: A FUSION OF FORCES

##article.authors##

DOI:

https://doi.org/10.1590/SciELOPreprints.3331

Keywords:

literacies, discourses of adolescents, non-formal education in vulnerable territories

Abstract

This article weaves understandings around literacy practices of adolescents promoted by a social organization in the periphery of Sao Paulo, Brazil, in a non-formal educational context. It is based on a theoretical-methodological framework affiliated both to Literacy Studies and to the enunciative-discursive Bakhtinian approach. It apprehends, beyond regularities, the meanings attributed to these literacy actions, which reveal themselves in actors’ interactions and positionings within these experiences. The analytical corpus is made up by field notes, transcriptions of video recordings of literacy events and discursive products of four adolescents and a social educator. These take place in circles of conversation and semi structured interviews. Results suggest the concomitant occurrence of both traces of school form and culture and collaborative modes involving the mobilization of multimode gender, run through by orality, affection and body. Participants may express and recognize themselves, acting with greater autonomy and reassurance as far as literacies of other social spheres go.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

Author Biographies

Maytê Aché Saad, Federal University of São Paulo

Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006) e mestre em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência pela Universidade Federal de São Paulo (2019). Possui especialização em Psicopedagogia também pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2012). Foi bolsista da CAPES durante o mestrado. Em 2020, ganhou o prêmio de Melhor Dissertação de Mestrado de 2019 da Pós Graduação em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência, outorgado pela Câmara de Pós Graduação e Pesquisa da Escola de Filosofia, Letras e Ciência Humanas da UNIFESP. Atua como psicóloga clínica, no atendimento de crianças, adolescentes e adultos. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em formação de educadores, assessoria pedagógica, implementação e monitoramento de metodologias socioeducativas junto às equipes de organizações de terceiro setor e projetos de pesquisa vinculados ao desenvolvimento integral de crianças e adolescentes. Atua, principalmente, nos seguintes temas: educação não formal, letramento, projeto de vida e formação de educadores.

Claudia Lemos Vóvio, Federal University of São Paulo

Professora associada da Universidade Federal de São Paulo, no curso de Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação, Departamento de Educação. Graduada em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1988), mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (1999) e doutora em Linguística Aplicada no Instituto de Estudos da Linguagem, Unicamp (2007). Realizou estágio pós-doutoral na Universidade São Paulo, Faculdade de Educação, em 2017. Em 2006, ganhou o Prêmio Jabuti na categoria material didático com o livro Viver, aprender - Alfabetização de Jovens e Adultos e, em 2007, recebeu o Prêmio Crefal outorgado a melhores teses em educação de jovens e adultos. Atua, principalmente, nos seguintes temas: alfabetização, letramento, formação de educadores e currículo.

Posted

12/20/2021

Section

Linguistic, literature and arts