Preprint / Version 1

People with Disabilities and COVID-19 in the state of Espírito Santo: Between invisibility and the lack of Public Policies

##article.authors##

  • Ethel Maciel Universidade Federal do Espírito Santo https://orcid.org/0000-0003-4826-3355
  • Douglas Melo Universidade Federal do Espírito Santo
  • Jéssica Delcarro Universidade Federal do Espírito Santo https://orcid.org/0000-0003-3478-2269
  • Igor Robaina Universidade Federal do Espírito Santo
  • Pablo Jabor Universidade Federal do Espírito Santo
  • Etereldes Goncalves Junior Universidade Federal do Espírito Santo
  • Eliana Zandonade Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.1590/SciELOPreprints.1540

Keywords:

Cross-sectional study, people with disabilities, health, COVID-19

Abstract

Objectives: to analyze the epidemiological profile of people with disabilities infected with SARS-CoV-2 notified in Espírito Santo. Method: Comparative study among people with disabilities with positive and negative tests for the diagnosis of COVID-19. Associations of test results and epidemiological and clinical variables were made using the chi-square test. The level of significance was 5%. Results: there were statistically significant differences between the two groups in relation to gender with more positives in females, age group with more positives in the 20 to 79 years age bracket, color race with more positives in white race, municipalities with more positives in greater Vitória, all with p <0.05. The lethality of 4.9% (175 cases) of death by COVID-19 in the group of people with disabilities, and 3% (3,016) in the group without disabilities. Conclusions: The pandemic emphasizes the need to create specific legal care mechanisms and targeted public policies for this population.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

Author Biographies

Ethel Maciel, Universidade Federal do Espírito Santo

ossui Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal do Espírito Santo (1993), Mestrado em Enfermagem de Saúde Pública pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999), Doutorado em Saúde Coletiva/Epidemiologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2004) e Pós-doutorado em Epidemiologia pela Johns Hopkins University (2008). Membro da Comissão de Avaliação de Programas de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da CAPES (triênio 2007-2009 e 2010-2012). Entre 1995 e 2008 coordenou o Centro de Pesquisa Clínica no Hospital Universitário da UFES ligado ao Núcleo de Doenças Infecciosas. Foi coordenadora do Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva e do Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Ciências da Saúde da UFES. Entre 2009 e 2018 foi Membro da Comissão de Epidemiologia da ABRASCO. Foi Presidente do IX Congresso Brasileiro de Epidemiologia. É Professora Titular da Universidade Federal do Espírito Santo e Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq em Epidemiologia. É Presidente da Rede Brasileira de Pesquisas em Tuberculose (REDE-TB). Co-Titular da Cátedra Sérgio Vieira de Mello do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados na UFES. Vice-reitora da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) no período de 2013 a 2020. Reitora eleita para o quadriênio 2020-2024 na Ufes, mas não nomeada pelo presidente. Membro do Grupo Técnico Assessor de Tuberculose no Ministério da Saúde. Membro do Grupo Técnico Assessor da Organização Mundial de Saúde (OMS) para Tuberculose. Membro do Grupo assessor para eliminação da tuberculose nas Américas da OPAS/PAHO. Representa o Brasil na Rede Governamental de Pesquisa em Tuberculose dos países do BRICS. Desenvolve suas atividades no Campo da Saúde Coletiva, com ênfase em Epidemiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: métodos epidemiológicos, epidemiologia de doenças infecciosas, análise de controle de epidemias (COVID-19, Zika vírus, febre amarela) e em especial- o estudo da Tuberculose. Desenvolve atividades de divulgação da ciência sendo atualmente colunista do jornal A Gazeta e comentarista da CBN Vitoria. É atuante na causa das Mulheres na Ciência.

Douglas Melo, Universidade Federal do Espírito Santo

PhD in Education at the Graduate Program in Education at UFES. Graduated in pedagogy (2017) from Uniube and in history (2003) from Ufes, specialization (2004) and master's degree (2007) in history from Ufes. He was a professor at the Municipality of Vila Velha from 2004 to 2017. He is an adjunct professor at the Department of Education, Politics and Society, at the Graduate Program of Professional Master's in Education-CE / PPGMPE / Ufes, at the Graduate Program in Educação-CE / PPGE / Ufes and was coordinator of the Ufes Accessibility Center (NAUFES) (2017-2019). He is a member of the editorial / scientific board of Editora Brasil Multicultural, Coordinator of the Study and Research Group on Fundamentals of Special Education - GEPFEE / UFES and vice coordinator of the Study and Research Group on Visual Disability and Guide Dog. It works with issues in the areas of the history of education, public education policies, special education and the subarea of ​​visual impairment, having as theoretical references Vigotiski's Historical-cultural theory, Historical-critical Pedagogy and political, educational and philosophical thinking by Antônio Gramsci. Organizer of the books: "Education and law: inclusion of people with visual impairments" and "Pedagogical Practices in Specialized Educational Care: people with visual impairments", "People with disabilities in higher education: challenges and possibilities" and "Inclusive practices: knowledge, teaching strategies and resources ". Author of the book: Between the struggle and the law: "Public education policies for people with visual impairments" and Gramsci and special education. "Conducts teacher training in the area of ​​Special Education, Visual Disability, COVID-19, people with disabilities and special education and Specialized Educational Service

Jéssica Delcarro, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestranda em Educação em Ciências e Matemática pelo Programa de Mestrado Profissional EDUCIMAT do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (2017).

Igor Robaina, Universidade Federal do Espírito Santo

Graduação em Geografia pela Universidade Federal Fluminense (2005), Mestrado em História Social do Território pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2009) e Doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2015). Como pesquisador dedica atenção especial as espacialidades cotidianas de diferentes grupos e segmentos populacionais marginalizados no espaço urbano, com ênfase na população em situação de rua, bem como, nas dimensões e nos aspectos teórico-metodológicos da Geografia Humana em sua perspectiva qualitativa. Atualmente é professor no Departamento e no Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal do Espírito Santo.

Pablo Jabor, Universidade Federal do Espírito Santo

Possui graduação em Oceanografia pela Universidade do Vale do Itajaí (1997), Pós-Graduação em Análise, Projeto e Gerencia de Sistemas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2000), Mestrado em Engenharia de Computação com Ênfase em Geomática pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2004) e Doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Espírito Santo (2019). Atualmente é Coordenador de Geoprocessamento do Instituto Jones dos Santos Neves.

Etereldes Goncalves Junior, Universidade Federal do Espírito Santo

Possui doutorado em Matemática pela Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (2009). Atualmente é professor de 3º grau da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Análise Numérica. Atua em projetos de divulgação da Matemática e em pesquisa na área de Educação em Engenharia.

Eliana Zandonade, Universidade Federal do Espírito Santo

Eliana Zandonade possui graduação em Matemática (1990) e Estatística (1994) pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestrado em Teoria de Controle e Estatística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1993) e doutorado em Estatística pela Universidade de São Paulo (1999). Atualmente é professora Titular do Departamento de Estatística da Universidade Federal do Espírito Santo, bem como professora permanente do Programa de pós graduação em Saúde Coletiva na mesma universidade. Tem experiência na área de Probabilidade e Estatística, com ênfase em Séries Temporais e Bioestatística, atuando principalmente nos seguintes temas: Análise de dados epidemiológicos, além de planejamento de experimentos. Bolsista produtividade CNPQ na área de Saúde Coletiva no triênio 2013-2015 e 2017-2019. Escritora de literatura infantil e contadora de histórias.

Posted

12/03/2020

How to Cite

Maciel, E., Melo, D., Delcarro, J., Robaina, I., Jabor, P. ., Goncalves Junior, E. ., & Zandonade, E. . (2020). People with Disabilities and COVID-19 in the state of Espírito Santo: Between invisibility and the lack of Public Policies. In SciELO Preprints. https://doi.org/10.1590/SciELOPreprints.1540

Section

Health Sciences

Plaudit

Metrics